Onde descartar a caixa coletora com agulhas ou outros resíduos?

[vc_row][vc_column][vc_custom_heading text=”” font_container=”tag:h1|text_align:left”][vc_column_text]Apesar de ser um item obrigatório em qualquer estabelecimento de saúde que necessite de descarte (Resolução 306 da ANVISA), a Caixa Coletora de Resíduos ainda é desconhecida por diversos profissionais da saúde e estética.

Neste artigo, vamos abordar as obrigatoriedades, dicas de uso e descarte para te ajudar no seu dia a dia profissional.

Primeiramente, é importante entendermos que os materiais perfurocortantes são aqueles que possuem pontas, bordas, protuberâncias ou pontos agudos capazes de perfurar a pele, transmitindo doenças como hepatite B (HBV), hepatite C (HCV) e HIV.

São classificados como materiais que oferecem riscos biológicos, os perfurocortantes devem ser descartados de forma segura a fim de evitar possíveis contaminações.

Por este motivo a caixa coletora perfurocortante é confeccionada em papelão ondulado e resistente, com alça externa (para evitar o contato do profissional), fechamento específico e o plástico e papelão interno, oferecendo ao profissional da saúde segurança na hora de descartar materiais perigosos.

É expressamente proibido o esvaziamento desses recipientes para o seu reaproveitamento. As agulhas descartáveis devem ser desprezadas juntamente com as seringas, quando descartáveis, sendo proibido reencapá-las ou proceder a sua retirada manualmente.

O descarte comumente é efetuado em postos de saúde, mas pode ser realizado em outros locais, algumas instituições realizam a coleta, como Hospitais e Centros de Ensino.

Há também, algumas empresas que realizam esse tipo de coleta. O importante é lembrar que o resíduo deve estar conforme com a caixa coletora.

A Resportes oferece a caixa coletora e o seu suporte em diversos tamanhos. 

Consulte um de nossos Consultores pelo Whatsapp clicando aqui! [/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_video link=”https://youtu.be/P_4srv7CkOs”][/vc_column][/vc_row]